PROCURAR DICAS

SAÚDE E NUTRIÇÃO

Benefícios da banana
COMPARTILHE COM OS AMIGOS:

A banana é utilizada in natura, cozida, assada, em doces, compotas ou bolos. De fácil consumo, basta descascá-la para ter acesso a seus benefícios. É como fala a conhecida marchinha carnavalesca de Braguinha e Alberto Ribeiro: 'banana, menina, tem vitamina, banana engorda e faz crescer.' "Trata-se de um alimento rico em carboidratos, que fornece energia de forma rápida ao organismo; em potássio, mineral importante para o bom funcionamento dos músculos, inclusive o cardíaco; e em vitamina B6, essencial para a formação de células do sangue e de substâncias para o cérebro", diz a nutricionista Cibele Crispim (SP), da RGNutri Consultoria Nutricional. Segundo a especialista, a fruta ainda é indicada para portadores de pressão alta que usam medicamentos diuréticos. "A esses pacientes recomenda- se o consumo de duas bananas ao dia, para ajudar na reposição do potássio eliminado na urina."

Versátil como ela só, imagine que a fruta pode ainda se tornar uma 'vacina comestível'. É o que busca o cientista norte-americano Charles Arntzen. Ele trabalha no desenvolvimento de uma variedade de banana geneticamente modificada, que servirá de imunização contra a hepatite B. No futuro, a técnica levará a uma grande redução de riscos e custos em comparação com a vacinação tradicional. Além disso, é bem melhor saborear o alimento do que levar uma picadinha, não?

Não é para todos

Apesar das vantagens da fruta, alguns grupos devem ingeri-la com muita moderação. Entre eles estão os obesos e os diabéticos. "A banana possui elevado índice glicêmico (IG), ou seja, faz o corpo produzir grande quantidade de insulina", alerta o médico Paulo Olzon Monteiro da Silva, professor de Clínica Médica da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e membro da Sociedade Brasileira de Medicina Ortomolecular (Sobramo). Isso deve ser levado em conta porque a insulina é um hormônio que tem o poder de carregar o açúcar para dentro dos músculos na forma de glicogênio. Só que esses depósitos possuem capacidade limitada, o que faz com que todo o excesso de glicose no sangue seja convertido em ácidos graxos e triglicérides, que serão armazenados na forma de gordura. Quem sofre de insuficiência renal também precisa evitar o alimento, devido à grande quantidade de potássio existente nele e que, em excesso, é muito perigoso a esses pacientes.

Fonte: http://revistavivasaude.uol.com.br/Edicoes/13/artigo7795-1.asp

 



<< VOLTAR PARA SAÚDE E NUTRIÇÃO